Biologia Marinha: o que fazer e como fazer

Atualizado: Abr 1

Autores: Gabriela Vinholi, Douglas F. Peiró e Thais R. Semprebom


O mergulho é uma das atividades que fazem parte do dia-a-dia do biólogo marinho. Fonte: NOAA's National Ocean Service (Domínio Público).



O QUE FAZER COMO BIÓLOGO MARINHO?


Existem diversos motivos que levam alguém a se tornar um biólogo marinho. A carreira é bem interessante porque está relacionada diretamente com o mar e a biodiversidade marinha, uma vez que o mar desperta curiosidade em pessoas de todas as idades, por ser misterioso, imenso… e pelos seres marinhos serem, em grande parte, tão diferentes daqueles que conhecemos “aqui fora”, em terra firme. Assim como no curso regular de Biologia, existem diversas áreas onde o biólogo marinho pode atuar. Esse profissional pode exercer atividades como:


  • Pesquisador/docente em universidades;

  • Trabalhar em projetos de preservação e reabilitação de animais marinhos;

  • Atuar em projetos de proteção ambiental e recuperação de áreas degradadas;

  • Trabalhar em projetos de educação ambiental sobre o ambiente marinho;

  • Fazer pesquisa, monitoramento e análise laboratorial de praias e manguezais;

  • Entre outras atividades.


O mercado de trabalho está se mostrando favorável aos biólogos marinhos, sendo possível encontrar oportunidades em diversas instituições, como:


  • Universidades e centros de pesquisa;

  • Empresas de ecoturismo;

  • Grandes projetos governamentais e privados de conservação marinha;

  • Empresas da área de pesca e culturas marinhas;

  • Empresas exploradoras de recursos minerais em solo marinho;

  • Entre outras instituições.



COMO FAZER BIOLOGIA MARINHA?


Como qualquer profissional da área de Ciências Biológicas, o biólogo marinho requer atualização e estudo contínuo, investimentos em cursos e especializações, para que possa sempre se manter competitivo no mercado de trabalho.


É importante que a pessoa que pretende atuar nessa área, entre em contato com outros profissionais já ativos, para que seja possível saber mais detalhes sobre o leque de áreas em que se pode trabalhar, ou até mesmo se aprofundar e acompanhar mais de perto algum assunto na área que seja do seu interesse.


O curso de Biologia Marinha não é encontrado em todas as universidades, apenas algumas instituições no Brasil o oferecem. A seguir, mostramos uma lista como exemplo (se souber de mais alguma, escreva-nos ou deixe um comentário):


  • Unesp – Campus Experimental do Litoral Paulista (São Vicente-SP);

  • UNISANTA – Universidade Santa Cecília (Santos-SP);

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (Ilha do Fundão, Rio de Janeiro-RJ);

  • Faculdades Integradas Maria Thereza – FAMATH (Niterói-RJ);

  • Universidade Federal Fluminense (Niterói-RJ);

  • Univille – Universidade da Região de Joinville (Joinville-SC);

  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Imbé-RS);

  • Entre outras instituições.


Entretanto, para ser biólogo marinho você não precisa necessariamente cursar uma faculdade específica de Biologia Marinha. Você também pode cursar Biologia e se especializar na área marinha, como fez o Prof. Douglas Peiró, da Bióicos Biologia Marinha.



FORMAÇÃO CONTINUADA EM BIOLOGIA MARINHA


Durante a faculdade é importante que os estudantes busquem por outros mecanismos capazes de auxiliar na sua formação, porque as atividades extracurriculares contribuem e muito para o seu desenvolvimento. Ainda, é importante se dedicar no aprendizado de outros idiomas, porque quanto mais preparado o profissional estiver para o mercado de trabalho, melhores serão as suas chances.


Se você possui interesse em trabalhar na área da Biologia Marinha, é importante lembrar que é necessário fazer uma graduação em Biologia ou Biologia Marinha. Após a formação inicial, recomenda-se fazer cursos de extensão universitária e pós-graduação: especialização, mestrado e doutorado.


Se você possui interesse em atuar nessa área, não desista, vá atrás! Busque seus objetivos. Mantenha-se atualizado e em constante formação!


O Projeto Biologia Marinha Bióicos oferece cursos de extensão para todos os níveis: pessoas interessadas em conhecer melhor a área marinha, alunos de Biologia que buscam por atividades extracurriculares e experiência em campo e biólogos formados que querem se preparar melhor para o mercado de trabalho. Para saber mais, acesse a área de cursos do site.




Bibliografia


EU QUERO BIOLOGIA. Quero cursar Biologia Marinha: o que devo fazer? Disponível em: <http://www.euquerobiologia.com.br/2014/01/quero-cursar-biologia-marinha-o-que.html>. Acesso em: 09 fev. 2017.


GUIA DO ESTUDANTE. Como posso trabalhar com Biologia Marinha? Disponível em: <http://guiadoestudante.abril.com.br/orientacao-profissional/como-posso-trabalhar-com-biologia-marinha/>. Acesso em: 09 fev. 2017.


PROJETO BIOLOGIA MARINHA BIÓICOS. Disponível em: <www.bioicos.com.br>. Acesso em: 09 fev. 2017.


TODA BIOLOGIA. Biólogo: o trabalho do biólogo, áreas de atuação profissional, profissão. Disponível em: <http://www.todabiologia.com/biologo.htm>. Acesso em: 09 fev. 2017.


TODA BIOLOGIA. Curso de Biologia Marinha (Graduação): disciplinas, objetivos do curso de graduação, o que estuda, atuação do profissional formado na área, biólogo marinho. Disponível em: <http://www.todabiologia.com/curso_biologia_marinha.htm>. Acesso em: 09 fev. 2017.



#BiologiaMarinha #Biólogomarinho #Biologia

569 visualizações

Assine a lista exclusiva e receba novidades!

© 2020 Instituto de Biologia Marinha Bióicos