Mergulho: conheça e viva essa experiência!

Atualizado: Mar 6

Autores: Rafael P. Silva, Andreliza R. Terciotti, Mariana P. Haueisen, Julia R. Salmazo, Thais R. Semprebom e Douglas F. Peiró


Mergulho na Laje de Santos/SP. Fonte: Rafael Prado Silva, 2017 ©.

Desde os tempos mais remotos a humanidade tenta explorar de diferentes formas as profundezas do mar. A história do mergulho é mais antiga do que podemos imaginar! Há 6.500 anos o homem já criava acessórios e testava técnicas para incursões no mundo subaquático.

Em busca de locais exóticos, o mergulho foi um dos esportes que cresceu mais rapidamente na indústria de turismo. Além de ser uma atividade de lazer, o mergulho é importante como ferramenta da Educação Ambiental, já que a prática envolve o contato humano com o ambiente marinho, permitindo refletir sobre ações que visam à conservação.

VOCÊ SABIA QUE EXISTEM DIVERSOS TIPOS DE MERGULHO?

O mergulho pode ser diferenciado entre livre e autônomo. No mergulho livre, ou apneia, utilizamos apenas nossa respiração para mergulhar. Em contrapartida, no mergulho autônomo usamos o equipamento de mergulho SCUBA (self-contained underwater breathing apparatus), que auxilia na respiração debaixo d’água, sendo composto por cilindro, regulador, colete equilibrador e manômetro.

O mergulho autônomo pode, ainda, ser classificado em recreacional e comercial. O mergulho comercial está mais voltado para trabalho braçal, como por exemplo a perfuração de rochas com martelo pneumático (ferramenta utilizada por alguns mergulhadores para perfurações de rochas em construção subaquática) e a limpeza de casco de navio. Contudo, nesse contexto é necessário o conhecimento específico de corte e solda subaquática, montagem e manutenção de estruturas, operação de câmaras hiperbáricas, entre outros.

O mergulho recreativo, por outro lado, é destinado à exploração do mar apenas por lazer. Os que se interessam por esta prática podem optar por duas entradas: o mergulho de batismo ou um curso de mergulho básico. No mergulho de batismo, pode-se alcançar a profundidade máxima de 12 metros, sempre com o acompanhamento corpo a corpo de um instrutor. Já o curso de mergulho certifica o indivíduo e o capacita para mergulhar com maior independência, podendo chegar a 18 metros de profundidade.

QUAIS EQUIPAMENTOS SÃO UTILIZADOS?

O Sistema de Mergulho Total é todo o equipamento necessário para se realizar o mergulho SCUBA, além de outras peças acessórias, podendo ser dividido em: sistemas de snorkeling, de proteção térmica, de suprimento de gás, de Informações, do Livro de registros de mergulhos, de controle e flutuabilidade e de treinamento em especialidades e acessórios.

Alguns equipamentos utilizados para mergulhar: 1 - máscara, 2 - regulador, 3 - computador de mergulho, 4 - câmera. Fonte: Rafael Prado Silva, 2017 ©.

Basicamente, para o mergulho livre utilizamos máscara, snorkel, nadadeira, cinto de lastro e roupa de neoprene (para proteção térmica). No mergulho autônomo utilizamos equipamentos completos, ou seja, os mesmos do mergulho livre mais colete equilibrador, cinto de lastro, roupa de neoprene ou roupa seca, regulador e, por fim, o cilindro de ar comprimido. Para conforto e segurança podemos utilizar também um computador de mergulho, bússola e boia de sinalização.

Uma curiosidade sobre o equipamento é que ele pode ser relativamente pesado fora da água, porém, quando mergulhamos não sentimos praticamente nenhum peso. Isso acontece devido a uma força chamada empuxo, que faz com que os objetos pareçam mais leves dentro d’água.

Os equipamentos também possuem modelos variados, sendo diferenciados para todas as necessidades e/ou gostos. São feitos de materiais resistentes à corrosão devido ao contato frequente com o sal. Porém, devem ser lavados sempre com água doce após o uso e devem passar por manutenção preventiva anualmente. Nunca mergulhe com seu equipamento em más condições!

Você também pode aprender mais sobre os equipamentos de mergulho clicando aqui!

É DIFÍCIL APRENDER A MERGULHAR?

Aprender a mergulhar não é difícil, porém, como toda atividade nova, exige tempo e treinamento para que as habilidades sejam aperfeiçoadas. Para garantir a boa formação dos mergulhadores, existem instituições certificadoras que são responsáveis por regulamentar a prática do mergulho, garantindo, por meio de seus métodos de ensino, a qualidade dos cursos e a certificação dos praticantes.

No caso da PADI (Professional Assiociation of Diving Instructors), a mais reconhecida das certificadoras, os cursos são os seguintes, em níveis de complexidade:

Open Water Diver Advanced Open Water Diver Rescue Diver Emergency First Response Dive Master Diving Instructor Course Director

Os três últimos são os níveis profissionais da PADI.

Algumas certificações da PADI. Fonte: Rafael Prado Silva, 2018 ©.

E não acaba por aí. Além desses, existem também diversos cursos de especialidades, nos quais você aprende sobre um assunto específico. Alguns deles são: naufrágio, mergulho no gelo, em caverna, mergulho noturno, entre muitos outros.

BENEFÍCIOS DO MERGULHO!

Vamos quebrar esse tabu de achar que a atividade de mergulho é perigosa!? Já aprendemos um pouco sobre os tipos de mergulho, equipamentos e também sobre os cursos, então sabemos que, seguindo as regras, sendo sempre consciente e respeitando o meio ambiente, o mergulho é extremamente gratificante e benéfico para a saúde física e mental.

Alguns benefícios que o mergulho proporciona à nossa saúde:

  • Respiração: quando mergulhamos, nossa respiração deve ser lenta e profunda, o que é essencial para controlarmos o suprimento de ar e também a flutuabilidade. Com esse ritmo de respiração, a frequência cardíaca tende a diminuir promovendo calma e bem estar. A respiração controlada também pode auxiliar na prevenção da depressão.

  • Ganho de força e resistência: mergulhar, com toda a certeza, é uma excelente atividade física. A própria carga de equipamentos necessários para a prática do mergulho já é algo que contribui para fortalecer os músculos das costas e pernas. Além disso, o esforço realizado sob a resistência da água, seja mergulhando ou nadando, é um ótimo exercício para alongar os músculos e adquirir mais flexibilidade.

Uma hora de mergulho pode fazer com que a pessoa perca, em média, 900 calorias!!

  • Interação com o meio ambiente e a vida marinha: não há opção melhor para quem deseja sair da rotina e viver uma nova experiência. Estar bem pertinho da maravilhosa vida marinha, ver e poder conhecer peixes, corais de inúmeras cores e tantos outros animais que você encontra somente no melhor dos aquários, tudo isso no próprio mar, enche qualquer um de emoção e nos faz sentir mais parte do meio ambiente.

Um pouco das maravilhas que te esperam no fundo do mar! Fonte: Rafael Prado Silva, 2017 ©.

Além do mergulho proporcionar momentos de relaxamento e lazer, essa atividade é empregada em diversas áreas, como nos guarda-vidas, em plataformas de petróleo, na oceanografia para pesquisas do mar, em aquários para alimentação e limpeza dos tanques recintos, entre outras.

FICOU COM VONTADE DE VIVER TUDO ISSO?

Venha descobrir o fundo do mar com a Bióicos! Fique atento aos nossos calendários, em breve abriremos novas turmas para nosso curso especial de mergulho!

Bibliografia

BIZERRA, A. F.; ZUMPANO, O. G. A prática do mergulho autônomo e as visões sobre o ambiente marinho: contribuições para educação para conservação. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 11, 2017, Florianópolis.

CUNHA, P. P. A. C. História do Mergulho da Antiguidade a Era do Escafandro. 1999. Disponível em: <http://www.techdiving.com.br/biblioteca/artigos/hist_atigaoescaf.htm>. Acesso em: 30 ago. 2018.

IMMERSIONI BRASIL. A história do mergulho. 2014. Disponível em: <http://www.immersioni.com.br/a-historia-do-mergulho/>. Acesso em: 12 set. 2018.

LET’S DIVE. 2016. Conheça 4 benefícios do mergulho para sua saúde. Disponível em: <http://querotrabalharcommergulho.com.br/beneficios-mergulho/>. Acesso em: 15 set. 2018

PADI. 2018. Seja um mergulhador. Disponível em: <https://www.padibr.com.br/cursos/catalogo>. Acesso em: 14 set. 2018.

PAIVA FERNANDA. 2018. Como escolher sua máscara de mergulho. Disponível em: <http://letsdive.com.br/mascara-de-mergulho/>. Acesso em: 15 set. 2018.

SPIRA, Alan. Diving and marine medicine review part I: diving physics and physiology. Journal of travel medicine, v. 6, n. 1, p. 32-44, 1999.

SSI. SSI Open Water Diver Manual. Colorado: Scuba Schools International (SSI), 2009.

#mergulho #cursos #equipamentos #vidamarinha #benefícios #PADI #BiologiaMarinha

135 visualizações

Quero receber por email os artigos novosl!

© 2020 Projeto Biologia Marinha Bióicos